Ao leitor

Vasto conteúdo, precioso acervo

Após 18 ininterruptos anos de circulação, esta Sagarana consagra-se como uma publicação atemporal — no sentido de sempre priorizar a qualidade nas propostas editorial e gráfica, o que exige tempo, paciência e determinação — e, ao mesmo tempo, universal, pois tem como prioridade cantar e contar as belezas dessas muitas Minas Gerais.

Ao vasto conteúdo produzido durante essas quase duas décadas, somam-se três ambiciosos livros: “As muitas e a vastidão dos Gerais”, “Minas de tantos Geraes – volume 1” e “Minas de tantos Geraes – volume 2”. Produzidas e editadas — com o fundamental apoio das leis (estadual e federal) de Incentivo à Cultura, as obras reúnem aproximadamente 960 páginas com cerca de 660 belas imagens e textos em português, inglês e espanhol (idioma presente no volume 1), incluindo uma edição especial produzida especialmente para o mercado europeu (também no volume 1), com textos em português lusitano, inglês e espanhol. Trata-se de um precioso acervo — que desvela surpreendentes belezas dos patrimônios histórico, cultural e natural desta terra — publicado nesses livros, que têm como características comuns a sofisticação da linha editorial, o luxo e o requinte na produção gráfica.

Ocorre que, neste ano de 2016, o acervo desse vasto conteúdo especializado em Minas Gerais foi ampliado, com o lançamento do “Guia de Minas Gerais –Todos os caminhos de muitas descobertas”, produzido e editado sob encomenda da Secretaria de Estado de Turismo de Minas Gerais.

É uma publicação — que, é claro, obedece a todas as exigências do padrão de qualidade característico dos produtos assinados pela Veredas Editora e Jornalismo Especializado/Revista Sagarana — com 162 páginas, 180 fotografias e informações sobre os atrativos turísticos de 58 municípios de Minas Gerais, além de Belo Horizonte e de parques nacionais e estaduais.

Também foram publicadas edições do “Guia de Minas Gerais” em inglês e espanhol e, em breve, sairá a versão em francês.

Esse guia está sendo ampliado, com a inclusão de novos municípios, outras unidades de conservação (com a cobertura de todos os parques nacionais e ainda mais parques estaduais) e ganha o nome de “Guia de Minas Gerais Sagarana”.

Todavia, o abençoado desafio de viajar por este estado sem fronteiras ainda se prolonga, com a produção da “Estrada Real em revista” — uma publicação do Instituto Estrada Real/Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg).

Tudo isso só se torna possível graças ao dedicado trabalho de uma grande equipe de profissionais, uma muito feliz reunião de talentos: fotógrafos, repórteres, redatores, articulistas e cuidadosos trabalhadores das áreas de direção de arte, edição de fotografia, tratamento de imagens e edição final.

Para completar o portfólio, em breve, estará no ar o novo site www.revistasagarana.com.br — a partir de outubro de 2016 –, que surge com muito mais conteúdo e outras novidades, como duas edições especiais: “Sagarana Brasil afora”, cujo tema é a Bahia, de todos os santos. Mostrará a ilha de Boipeba, a região da península de Maraú, os vilarejos de Caraíva e Ponta de Corumbau e alguns atrativos de Salvador. Já “Sagarana volta ao mundo” traz uma grande viagem à península Ibérica. Aguardem as versões impressas dessas mais que especiais edições, em plena produção.

E, para tudo completar, aqui está, desenhado em 100 páginas, mais um número desta “Revista Sagarana — Turismo e Cultura em Minas Gerais”. Surpreenda-se, caro leitor.